9 de novembro de 2012

Hoje, quando a noite adormeceu, um frio cortante invadiu-me. De súbito, entranhou-se dentro de mim uma dor rompante fazendo-me sentir mera poeira de estrelas sem um brilho especial.
Doí-me o coração. Doí-me todas essas tuas fugas, talvez o que me doa mais seja a tua ausência prolongada. Eu sei, eu sei que talvez algumas se justifiquem mas sabes, hoje deixaste-me dormente. Deixaste-me comigo mesma, acompanhada deste silêncio gritante, enquanto assisto ao derreter dos minutos. E amanhã, como será?

11 comentários :

  1. Expressas muito bem os teus sentimentos. E obrigada pelo que me disseste, e retribuo-te as palavras, muito muito obrigada

    ResponderEliminar
  2. achaste fofura? ihih, ainda bem :)
    sim, ele tirou dois cursos na escola de hotelaria (operações turisticas e gestão hoteleira - alojamento), em fevereiro pode começar a trabalhar ou seguir turismo na universidade, mas ainda nem decidiu o que quer. por um lado, preferia que ele fosse para a universidade porque assim tinha-o cá, mas se for trabalhar tanto pode arranjar emprego cá como ir para longe e eu já passei 3 meses a namorar à distância e custa muito. não queria ter que viver isso novamente :/

    ResponderEliminar
  3. espero bem que tenhas razão. é verdade, eu namorei 2 anos e fui eu quem quis pôr fim ao relacionamento, já não havia aquela vontade em estar com ele nem era o mesmo sentimento. na altura achei que me ia arrepender, que ia querer voltar atrás na decisão e que ia acabar por me sentir ainda pior, mas não. conhecer o rapaz com quem estou agora só me fez ver que, na verdade, nunca antes soube o que era estar realmente feliz. agora sinto que tenho tudo e não me imagino a querer pôr fim ao que construímos juntos. ele faz por mim coisas que ninguém fez e isso é fantástico :') espero que contigo seja da mesma forma e que continue a ser!

    ResponderEliminar
  4. estou sim querida nao passou de um mal entendido :) obrigada pela a visita e pelo o comentário (:

    ResponderEliminar
  5. são mesmo meu anjo. amanha será certamente melhor.

    ResponderEliminar
  6. Conheço essa dor =/ mas temos de nos tentar abstrair dela...:)

    Beijinho*

    ResponderEliminar