14 de setembro de 2013

11 comentários :

  1. Passei pelo mesmo há uns meses atrás! Boa sorte :) E muita força.

    ResponderEliminar
  2. r: O importante é não desmoralizar. Vão ser tempos trabalhosos mas no final vai compensar, vais ver :) O meu projecto de mestrado foi um bocadinho diferente porque eu tirei Educação de Infância então os projectos eram feitos com as crianças nos estágios. Mas depois na tese de mestrado tive que escolher uma temática para abordar e escolhi "As vozes das crianças" ;)
    Estás em que área de estudo? Pode ser que sendo de fora te consiga dar alguma ideia, caso ainda estejas na dúvida :)
    Obrigada pela força *

    ResponderEliminar
  3. eu não sou de Lisboa por isso não faço ideia onde isso seja ahah

    ResponderEliminar
  4. r: Ora bolas que de Economia não percebo mesmo nada, ahah. Que tipo de projectos costumam fazer? Sim, vai haver dias em que estás cansada e te apetece tudo menos levantares mas pensar que estamos a cumprir um sonho costuma dar a força necessária :)

    ResponderEliminar
  5. Não precisas agradecer. Eu gostava de te poder ajudar mais, mas nessa área sou mesmo naba. O mais próximo que tive foi Geografia C (que era uma faceta mais económica, mas ainda assim nada de especial). Ainda bem que já tens tudo definido, é o primeiro passo para não desmotivar. Por exemplo, quando a minha tutora me disse a mim e às outras estagiárias dela que lhe tínhamos de dizer o título da nossa tese e explicar eu já estava mais que decidida. E isso deu-me uma força sobrenatural para aguentar o mês mais chato da minha vida que foi escrever o relatório. E essa força fez com que 1 semana antes da entrega já tudo estivesse acabado :)

    ResponderEliminar
  6. Sabes uma coisa? Às vezes arranjamos forças em coisas bastante simples. No dossier onde eu tinha os documentos para a tese meti uma mica com as fotografias dos meus meninos dos estágios. Olhava para eles e pensava «Força. Estás a fazer isto para que tudo aquilo que fizeste com eles tenha ainda mais sentido!». E a verdade é que na defesa da tese o meu arguente disse que se sentia todo o carinho :) Por isso tenta agarrar-te a coisas simples que num primeiro olhar não pareça importante. Sim, trabalhos práticos são sempre melhores porque dão-te uma experiência extra que depois se liga à teoria. Terminei à pouquíssimo tempo: a 9 de Julho deste ano! Agora estou numa fase bem mais difícil e desmoralizante, encontrar trabalho. Eu bem que já fui a entrevistas mas acabam sempre por escolher alguém com mais experiência. Mas o importante é não desmoralizar e trabalhar fora da área se for preciso :)

    ResponderEliminar
  7. O teu pensamento está completamente certo! Mas agora o importante é focares-te no projecto. Tenho a certeza que vai correr muito bem :) E se eu puder ajudar em alguma coisa é só pedires ;)

    ResponderEliminar
  8. Força nisso (:

    r: "O importante é conseguir manter o contacto, o resto constrói-se", não podia concordar mais contigo!

    ResponderEliminar