27 de julho de 2015

Confissões #1


Sinto que a minha cabeça pesa mais do que qualquer parte do meu corpo. Tem um peso maior do que aquele que julguei suportar, mas a vida é assim, feita de madrugadas sorridentes e de manhãs nebulosas.  Sempre me espantei com o mau gosto com que a vida se decora, mas, agora, mais do que nunca, sinto-me sem forças para a despir e voltar a cobri-la, pacientemente.
Sento-me naquela janela já tão tua como minha, olho de soslaio e sinto o teu braço a abraçar-me, olho-te mesmo sem te ver, e nesse instante, fecho os olhos e julgo ter-te ouvido. Sorrio, deixo-me cair para trás, saboreio o teu olhar, tento abrir os olhos, ainda que sem vontade. Quando finalmente consigo, já não estás lá...

16 comentários :

  1. Espero que um dia destes consigas colocar leveza em ti e que te levantes com força e animo. Sei que consegues!

    ResponderEliminar
  2. É incrível como as pessoas já não estão ao nosso lado e, mesmo assim, as conseguimos sentir ali. A nossa memória atraiçoa-nos e isso mexe com a nossa força e a nossa vontade de seguir.
    Força, minha querida!

    r: Já soltei essas amarras*

    ResponderEliminar
  3. Eu entendo o que tu sentes, acho que por vezes me acontece o mesmo... É um pouco como sonhar acordada...

    ResponderEliminar
  4. por vezes temos que viver um pouco dos sonhos, temos que fingir que está tudo bem, mesmo que seja por breves instantes...
    r: lê, a sério, lê! são tão deliciosos os livros dele!
    viver os momentos tem de ser o mais acertado, só assim não crias ilusão e apego!

    ResponderEliminar
  5. dias maus também acabam querida! força!
    r: obrigada :))

    ResponderEliminar
  6. Que venham melhores dias.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Excelentes textos, que venham manhãs mais luminosas...

    http://lovingmypinkbubble.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Guerras interiores... Como sei do que falas! Palavras bonitas cheias de medos, mas isso também vai passar, força *

    ResponderEliminar
  9. Entendo tão bem estas tuas palavras! Força!

    ResponderEliminar
  10. Identifiquei-me muito com as tuas palavras. E, realmente, às vezes a cabeça pesa mais do que qualquer parte do corpo... Força!

    http://joanasrverissimo.blogspot.pt

    ResponderEliminar