16 de novembro de 2013

Pensamentos Descompassados


O mar do meu pensamento estava calmo. Surgiste-me quando semicerrei os olhos e te abracei, trazias o teu sorriso pungente e o teu ar descontraído. Os teus passos subtis mas vigorosos eram tão melódicos quanto descompassados. Faziam  uma antítese curiosa na minha mente que vagueava por todos os teus recantos.
Surgias-me mais uma vez, como todas as outras em que me dá a sensação de ser a primeira.

28 comentários :

  1. obrigada :) tu também escreves muito bem, lindo texto *

    ResponderEliminar
  2. gostei (:
    r: n me parece é que passe depressa..

    ResponderEliminar
  3. "Surgias-me mais uma vez, como todas as outras em que me dá a sensação de ser a primeira." arrepios, está tão lindo ! Escreves mesmo bem.

    r: Sou uma mulher independente que não precisa de ninguém (pelo menos é o que digo a mim todos os dias de manhã).

    ResponderEliminar
  4. Há pessoa que surgem, ressurgem e nunca deixam de surgir.

    ResponderEliminar
  5. Que lindo...existem pessoas que nunca vao embora, para nós...para o nosso coração.

    ResponderEliminar
  6. r: sim, normalmente costumo fazer só no dia 1 de dezembro, mas desta vez foi diferente :b

    ResponderEliminar
  7. r: exactamente ahah
    e tu quando pensas fazer a tua? (:

    ResponderEliminar
  8. r: então porquê? mas costumas fazer?

    ResponderEliminar
  9. r: eu também já perdi muito do espírito que tinha antes.

    ResponderEliminar
  10. Adorei!
    Tens até ao fim do dia de hoje querida

    ResponderEliminar
  11. A tua participação foi recebida e publicada, estás á vontade para fazer 'campanha' ainda que desta vez os textos sejam anónimos...

    ResponderEliminar
  12. R: Vai ser em casa dos pais dele, têm imenso espaço exterior e uma paisagem incrivel :)

    ResponderEliminar