19 de março de 2014

Dad


Pai, sabes que nunca fui boa a transmitir sentimentos, muito menos quando se trata de os escrever. Sempre achei que os sentimentos não se escrevem porque quando o tento fazer sinto que estou a reduzi-los, a diminuir a sua real importância. Hoje, como em qualquer outro dia, tenho orgulho em ti, tal como tu tens em mim.
Quero que juntos sintamos a serenidade da maresia que, por vezes, nos preenche o espírito e a euforia de longas gargalhadas que partilhamos quase todos os dias.
Mais do que possa pigmentar neste pequeno pedaço de "papel", cuja tinta se esvaí, quero dizer-te que estarei a teu lado para que juntos possamos continuar a compor a melodia da vida, perfumando-a com perfume de jasmim ( lembras-te deste aroma? ).
Desculpa-me pelo facto de todas estas palavras, sem sentido, que me vagueiam pela mente, serem demasiado singelas para te escrever, desculpa não conseguir ser melhor e transmitir-te melhor o que significas para mim mas seria um erro reduzir-te a pequenas letras.

Gosto de ti, sempre!

39 comentários :

  1. «Gosto de ti, sempre», acho que é das coisas mais bonitas que se pode dizer! Ele sabe tudo aquilo que tu sentes.

    Oh, tão querida *.* muito, muito obrigada

    ResponderEliminar
  2. Mesmo que não costumo transmitir sentimentos dessa forma, transmitis-te bem na mesma :)
    Adorei o que escreves-te minha querida ♥

    ResponderEliminar
  3. Podes achar que são palavras sem sentido, mas a verdade é que são palavras sinceras, bonitas, cheias de carinho. O teu pai tem muita sorte em ter-te como filha :)

    ResponderEliminar
  4. Uma bela homenagem ao teu pai, um bom mimo. De certeza que ele ficou super babado ao ler estas palavras. Belas palavras :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  5. Adorei! Pensei no meu pai quando li...

    ResponderEliminar
  6. r: também consigo ser o oposto quando estou bem acompanhada :) não paro quieta!

    ResponderEliminar
  7. que bonito! *.* mas olha que por mais que possas achar que estás a reduzir os sentimentos, para mim foram transmitidos sentimentos grandiosos com muito valor. escreves bem. :)

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito das tuas palavras =))
    Os nossos pais são sempre os nosso heróis! <3

    Beijinho *

    http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Ohh transmitiste os sentimentos da melhor maneira, que lindo!

    ResponderEliminar
  10. Tão querida! Deves ter uma relação linda com o teu pai :)

    ResponderEliminar
  11. r. é, acaba por de alguma forma estar escondida dos olhos de quem nos conhece tão bem. quase como um refúgio. acho que essa acaba por ser a essência da blogosfera :p

    ResponderEliminar
  12. tu escreves tão bem, adorei, está lindo! (:

    ResponderEliminar
  13. muito bonito :)
    r: Dá-lhe de vez em quando :)

    ResponderEliminar
  14. Tão querida! Adoro ler-te <3
    R: Somos, porquê? Aw <3

    ResponderEliminar
  15. R: Realmente, não me expliquei muito bem... Dai ser um post confuso. Somos, somente, amigos. Estou a tentar ganhar coragem para lhe pedir o contacto dele, estou a tentar ganhar coragem para tanta coisa. Quero muito isto, entendes? Ser feliz.

    ResponderEliminar
  16. Estou só um bocadinho cansada de algumas coisas princesa :)
    muitas vezes até aqui gosto de mostrar que estou bem, porque estar num lugar com energias menos positivas faz com que não nos sintamos muito bem!
    obrigada linda ♥

    ResponderEliminar
  17. Pois é querida ♥ dai quanto menos coisas negativos pôr, melhor :)

    ResponderEliminar
  18. Sim querida. percebo isso que estás a dizer. ir a baixo por vezes "faz bem", para podermos levantar-nos melhor, com mais força. a ver se "deprimo" tudo hoje, odeio sentir-me assim, bahh!

    ResponderEliminar
  19. já tinha saudades de te encontrar por aqui ♥ e tu, como estás?

    ResponderEliminar
  20. ah pois éé :)

    Vais ver que há de continuar assim, mereces. eheh ♥
    é verdade! nunca mais tinha vindo cá de noite :c

    ResponderEliminar
  21. Quando as pessoas ainda permanecem ao nosso lado isso até é bom. O pior é quando deixaram de fazer parte da nossa vida, mas parece que nos continuam a aparecer à frente a todo o instante, nem que seja porque sentimos um perfume idêntico

    ResponderEliminar
  22. R: O meu é quase sempre um bocadinho no fundo!

    ResponderEliminar
  23. Resp: Eu sempre percebi os comportamentos do meu irmão, aliás, ele nunca foi assim. É mais velho que eu, sempre foi um grande homem, admiro-o imenso...mas...estas atitudes de criança...

    ResponderEliminar
  24. já se sabe, que isto também tira tempo, ahah

    ResponderEliminar
  25. R: Oh, não se passa nada, apenas tive que falar isto :3 Não te preocupes <33

    ResponderEliminar
  26. R: Bem preciso de sorte ahaha enquanto não se arranjar melhor, vou andando neste e obrigada <3

    ResponderEliminar