22 de julho de 2014

O silêncio que paira em mim.


Shiuuu, não perturbes a sonoridade do silêncio.
Deixa-me enroscar-me nele, pousar a minha mala, descalçar-me, despir-me de mim mesma e abraçar o silêncio. É curioso como sinto que ele conversa comigo como mais ninguém o faz. As nossas conversas não se resumem a porquês nem preciso de dizer nada. Sorrio forçadamente mas ainda assim é um sorriso envolvendo-me mais nele a cada hora que se derrete. Observo a grande paisagem verdejante que está de frente para a minha janela, conto as várias tonalidade com que se veste, e julgo ouvir o vento, já que sopra tão de mansinho que é quase inaudível.Talvez não queira perturbar o silêncio, talvez esteja a contemplá-lo, tal como eu....
Nunca me tinha apercebido que na ausência de palavras ponderadas e acertadas, poderia ser tão apaziguador ( ou talvez apaziguador não seja o termo certo mas afasta todos os ruídos perturbadores da mente). Por vezes julgo que pensarás como eu, que a verdade está ao teu alcance, que os sentimentos confusos são fáceis de transmitir mas hoje sei que nada é mais simples que o silêncio que me corre nas veias e que paira em mim. E quem pensar que é algo mau, deveria ouvir mais o silêncio.

39 comentários :

  1. Saber ouvir o silêncio é das maiores qualidades que uma pessoa pode ter. Diz-nos tanta coisa, só temos que ser pacientes e estar dispostos a compreender a mensagem.

    Sim, é verdade, concordo contigo. Precisamos mesmo de ler aquilo para nunca nos esquecermos.

    Já tenho alguns, mas quero ter muitos mais. Conseguir ter a coleção inteira dos meus escritores de eleição é assim um sonho. Pois, compreendo, nem sempre as circunstâncias nos deixam com vontade de ler :/

    Se houver lugar e vontade de recomeçar será sempre mais fácil

    Espero que gostes de ambas :D felizmente, Portugal tem mesmo muito talento, só precisam é de oportunidades e visibilidade

    Muito obrigada! É daquelas iniciativas que nos enchem o coração de tão boas que são *.*

    Anda, és muito bem-vinda x)

    ResponderEliminar
  2. Penso na saudade da mesma forma, até porque não as sentimos por coisas que nos fazem mal

    Não tens que pedir desculpa, obrigada por teres perdido o teu tempo a ler-me e a deixar a tua opinião. É mesmo bom receber todo esse carinho!
    Oh, obrigada <3

    ResponderEliminar
  3. Fico mesmo de sorriso largo e coração cheio ao ler isso. É um gosto partilhar estas coisas com vocês, ainda para mais sabendo que as recebem sempre tão bem. Obrigada por estares sempre desse lado :)

    ResponderEliminar
  4. Podes não ir lá todos os dias, mas sempre que lá vais lês de uma ponta à outra e deixas sempre palavras de conforto, incentivo, e até algumas experiências pessoais e isso significa mesmo muito, acredita :)

    ResponderEliminar
  5. Oh, obrigada do fundo do coração *.* assim fico mesmo sem saber o que dizer

    ResponderEliminar
  6. Ouvir o silêncio também é muito importante. O silêncio diz muito :)

    ResponderEliminar
  7. Acho que ele tem uma capacidade incrível de tornar as músicas ainda mais bonitas *.* e note-se que não sou nada suspeita a dizer isto ahahah

    ResponderEliminar
  8. Culpada (a) ahahah
    Ele tem um timbre que eu adoro e depois canta mesmo com alma. Ouvi-lo é um misto de sensações

    ResponderEliminar
  9. Essa é difícil :) a que tenho no blog é a original dele e, tentado ser o mais objetiva possível, é das melhores músicas que já ouvi. Se há músicas que falam por nós aquela é uma delas. Acho que retratou com imensa sensibilidade um tema que nos toca a todos. Sem dúvida que é a que minha favorita! E tenho imensa curiosidade em ouvir os próximos originais.
    Verdade seja dita, não há uma versão dele que não adore, mas ouvi-lo cantar «Todo o tempo do mundo», «Haja o que houver», «Ana Lee», «Give me love», «Skinny Love», «Se fosse um dia o teu olhar» é especial

    ResponderEliminar
  10. hoje também estou num desses dias: o do silêncio!

    ResponderEliminar
  11. r: também eu, tudo o que não é planeado é sempre melhor.

    ResponderEliminar
  12. r: obrigada querida :)
    acabei agora mesmo de fazer a candidatura espero que consiga entrar :s

    ResponderEliminar
  13. r: vais ver que é muito mais fácil ;)

    ResponderEliminar
  14. o silêncio por vezes é o melhor ;o

    r: ficaram pequeninas mas estão supeeeeer fofas , na minha opinião ((:

    ResponderEliminar
  15. Também adoro o silêncio. :) Trabalho com crianças por isso dou imenso valor a ter os meus momentos de silêncio quando chego a casa. E há silêncios tão bonitos e tão importantes partilhados com aquela pessoa... Quando nos sentimos bem com alguém o silêncio não nos incomoda, pelo contrário, faz-nos sentir completos. É por isso que nas conversas de elevador se tem sempre de falar sobre o tempo ou outro tema corriqueiro qualquer...

    ResponderEliminar
  16. O silêncio é tão bom. É, para mim, dos melhores sons do mundo.

    ResponderEliminar
  17. Claro que custa sempre, sobretudo quando sentes tudo isso e do outro lado não há correspondência, mas só consigo guardar o lado bom das coisas. Guardarmos as tristezas só fará com que nos sintamos ainda mais magoados. Prometo que não :)

    É mesmo linda *.* é mesmo bom ler isso, fico tão, tão feliz. Ele merece!

    ResponderEliminar
  18. por acaso não gosto muito do silêncio :p

    ResponderEliminar
  19. O Silêncio são as nossas melhor palavras, e as mais sentidas certamente!
    R: Tens razão, errar é humano. (:

    ResponderEliminar
  20. R: Obrigada pelas tuas palavras! *

    ResponderEliminar
  21. O silêncio devia ser mais valorizado, num mundo em que cada vez os barulhos e as vozes são mais altos :)

    ResponderEliminar
  22. Eu gosto muito de silêncio... traz-me paz de espirito

    ResponderEliminar
  23. r: o que gostava mesmo era psicologia, mas como não tenho média que seja uma das minhas opções.

    ResponderEliminar
  24. Adoro Fado *.* embora a Mariza não seja a minha fadista favorita, aquela mulher é poderosa até mais não. Tem uma voz e uma energia contagiantes, interagiu imenso com o público e notava-se o quanto é feliz em cima do palco

    ResponderEliminar
  25. r: Também eu, princesa, também eu...

    ResponderEliminar
  26. O que se passa?
    R: Aos poucos e poucos vai tudo ficando bem..

    ResponderEliminar
  27. r: se subiu , parecia uma flecha ! haha

    ResponderEliminar
  28. r: Sim, tinha de explicar tudo para vocês entenderem. Exato.

    ResponderEliminar